Capa, Magnólia

BioGlow: curta o carnaval sem agredir o meio ambiente!

Nos últimos anos tivemos mudanças significativas nos hábitos de consumo. Hoje estamos muitos mais preocupados com processos de produção, materiais e impactos dos produtos no meio ambiente do que estávamos há alguns anos.

Entrando na moda do consumo consciente, a Júlia Bernardo criou em 2019 a BioGlow. Com glitters veganos e que não agridem o meio ambiente, ela faz parte dessa nova geração de empreendedores que têm um olhar mais amplo em relação aos impactos do seu produto.

Conversamos um pouco mais com ela para saber como foi o processo de criação da marca, a repercussão e o processo de produção. Confira a entrevista abaixo:

De onde surgiu a ideia do glitter ecológico?

A ideia surgiu após uma conversa com meu irmão sobre como o micro plástico é nocivo para os oceanos e principalmente para os corais. E depois de muito testar consegui enfim criar a minha receita.

Há quanto tempo você comercializa esse produto?

Eu comecei em janeiro de 2019 e foi surpreendente porque aconteceu tudo muito rápido, muitas lojas e empresas abriram as portas pra mim e acreditaram no meu produto.

Você acha que as pessoas estão mais dispostas a consumir produtos ecológicos agora do que nos últimos anos?

Com certeza. O movimento a favor de produtos sustentáveis e ecológicos só vem crescendo a cada dia, vivemos na pele as consequências da destruição do planeta e ainda bem que isso está sendo repensado e discutido a nível mundial.

Os produtos são fabricados artesanalmente?

Sim, meu ateliê hoje é na minha casa, mas muito em breve estaremos nos mudando.

Quais os seus jeitos favoritos de usar os glitters?

Eu uso muito na maquiagem, no dia a dia como iluminador ou sombra e na época da faculdade e colégio eu adorava colar nos trabalhos feitos à mão, cartazes, maquetes etc.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.