by @podecriticar

5 filmes para dar um up no começo de ano

Dá pra acreditar que 2020 chegou ao fim? Apesar de ainda vivermos uma pandemia, o sentimento no momento, além da habitual sensação de renovação de todo janeiro, é de retomada da esperança, de um suspiro de alivio em ver a luz no fim do túnel. Sim, depois da tempestade vem o arco-íris, mas as vezes necessitamos de uma “forcinha” para “voltar à realidade”, para darmos início ou continuidade a nossos planos. Portanto, como a arte é uma das mais fecundas fontes de inspiração, trouxe aqui uma listinha de filmes para dar um “up” em nosso começo de ano, pois, afinal, todos sabemos que janeiro é um mês teste e é agora que o ano começa de verdade rsrs.

Vamos aos filmes!

Soul (2020). / Onde assistir: Disney+.

Soul (2020), ou o mais novo sucesso da Pixar. Essa animação muito bem se encaixa na categoria de “filmes infantis que conversam mais com o público adulto”, pois aborda o tema de vida e Sinopse: Em Soul, duas perguntas se destacam: Você já se perguntou de onde vêm sua paixão, seus sonhos e seus interesses? O que é que faz de você… Você? A Pixar Animation Studios nos leva a uma jornada pelas ruas da cidade de Nova York e aos reinos cósmicos para descobrir respostas às perguntas mais importantes da vida. Dirigido por Pete Docter e produzido por Dana Murray.

morte e o “grande significado da vida”; uma combinação certeira para uma crise existencial! Porém, como um bom filme da Pixar, a obra consegue tocar em assuntos muito delicados de forma lúdica, passando uma mensagem de esperança em meio ao desamparo. Não preciso dizer mais nada sobre como “Soul” é o filme ideal para esse momento que vivemos né?

Troop Zero (2019). / Onde assistir: Prime Video.

Sinopse: Em Troop Zero, na Geórgia rural de 1977, uma menina fora dos padrões sonha com a vida no espaço. Quando uma competição nacional oferece a ela a chance de realizar seu sonho e gravar sua voz no Golden Record da NASA, ela recruta uma tropa improvisada de Escoteiras Birdie, construindo amizades para a vida inteira.

Pensa em um filme que deixa o coração quentinho e nos faz acreditar que existe bondade no mundo. Apesar do filme se apoiar no clichê do “grupo de desajustados”, não há como negar que esse é um tema que acolhe nossa criança interna, é a aceitação de cada individualidade e o reconhecimento da beleza da diversidade. Essa proposta somada ao carisma da protagonista, e sua vontade de conquistar seu sonho, faz de “Troop Zero” um filme doce que (re)acende a chama da nossa esperança!

Modo Avião (2020). / Onde assistir: Netflix.

Sinopse: Influencer de intensa atividade online, Ana é levada a mudar seus hábitos após um acidente de carro provocado por dirigir e usar o celular ao mesmo tempo. Ela, então, é enviada à casa do avô, longe da metrópole, sem telefone e redes sociais. Esse período de detox vai mostrar a ela coisas que a virtualidade encobre cotidianamente.

Ok, eu falei de clichê no filme anterior, mas talvez esse seja ainda mais (rs); o que não é um problema, visto que um clichê pode ser ainda mais reconfortante em tempos incertos. Aqui, a mensagem do “recomeçar” é bem clara, e o “desconectar” faz total sentido nesse período de isolamento. É sobre parar para respirar e olhar para o todo da vida, entender o que verdadeiramente importa, nunca é tarde para recomeçar!

Benzinho (2018). / Onde assistir: Telecine.

Sinopse: O primogênito de uma família de classe média é convidado para jogar handebol na Alemanha e lança sua mãe (Karine Teles) em uma espiral de sentimentos pois, além de ajudar a problemática irmã (Adriana Esteves), lidar com as instabilidades do marido (Otávio Müller) e se desdobrar para dar atenção aos seus outros filhos, ela terá de enfrentar sua partida antes de estar preparada para tal.

“Benzinho” é aquele filme que em toda e qualquer oportunidade eu indico, pois é uma preciosidade do cinema nacional. Um drama familiar que consegue ser nostálgico e remeter a nossa essência brasileira, a obra acolhe o espectador ao imprimir em tela sentimentos universais, como a saudade, a nostalgia, o medo de crescer… “Benzinho” nos faz entender que a mudança é inevitável, mas que mesmo sendo difícil aceitar, podemos aprender a curtir a jornada com aqueles que amamos.

Minimalismo Já (2021). / Onde assistir: Netflix.

Sinopse: Eles fizeram do minimalismo um movimento. Os amigos Joshua Fields Millburn e Ryan Nicodemus mostram como nossas vidas podem ser melhores com menos.

Trouxe aqui um bônus, pois não é um filme, mas sim um documentário, fresquinho, direto de 2021. Durante esse período de isolamento aprendemos muito sobre o mundo e sobre nós mesmos, além de aprendermos que, sim, podemos mudar, e as vezes a mudança é necessária. Aqui nesse documentário vemos relatos sobre os benefícios do minimalismo, uma tendência mundial que faz muito sentido nesse momento de desaceleração, repensarmos nosso consumo e modo de viver. A ideia pode ser simples, mas o difícil é começar, por isso indico tentar o exercício prático ao final do documentário. Ficou curioso? Agora vai ter que assistir para saber qual é!

Espero, de verdade, que você se identifique com as minhas indicações e que esse filmes e documentário possam te inspirar a ter um ano mais produtivo, alegre, e saudável! Se gostou da listinha não deixa de conferir meu perfil do instagram (@podecriticar) onde eu faço constantes indicações e posso te recomendar outros por pedidos na Dm!

Até a próxima, e um ótimo começo de ano oficial!

De volta à lista