by @podecriticar

Mães e Signos

Oi! Aqui é a Laura do @Podecriticar, e venho aqui no blog da Mag fazer um questionamento: Está cedo para falar sobre Dia das Mães? Acredito que não, pois todo dia é dia de prestarmos homenagem a nossas super-mães! E hoje, faltando exatamente um mês para essa data comemorativa trouxe aqui uma listinha de filmes para já entrarmos no clima, e como se já não bastasse uma lista incrível com filmes dedicados às mães, combinei cada filme da lista com a mãe de cada signo, então pega seu produtinho @MagPapelaria da Coleção Zodíaco e vem anotar essas dicas!

Para a Mãe de Áries

Minha Mãe é uma Peça (2013)/ Disponível: Telecine/Globoplay.

Sinopse: Dona Hermínia (Paulo Gustavo) é uma mulher de meia idade, divorciada do marido (Herson Capri), que a trocou por uma mais jovem (Ingrid Guimarães). Hiperativa, ela não larga o pé de seus filhos Marcelina e Juliano (Mariana Xavier e Rodrigo Pandolfo), sem se dar conta que eles já estão bem grandinhos. Um dia, após descobrir que eles a consideram uma chata, resolve sair de casa sem avisar para ninguém, deixando todos, de alguma forma, preocupados com o que teria acontecido. Mal sabem eles que a mãe foi visitar a querida tia Zélia (Sueli Franco) para desabafar com ela suas tristezas do presente e recordar os bons tempos do passado.

Já um clássico da comédia nacional, a personagem Dona Hermínia é a própria mãe de Áries! Pensa em uma mãe intensa, que não mede esforços para conquistar seus objetivos (e proteger seus filhos) e que se fica brava…. Sai de baixo! O bom é que essa intensidade é para todos os lados, então além de brava, ela quando quer demonstrar seu amor já vem com aquele abraço apertado; e não reclame, viu, pois a paciência é curta…

Para a Mãe de Touro

Extraordinário (2017)/ Disponível: Telecine.

Sinopse: Auggie Pullman (Jacob Tremblay) é um garoto que nasceu com uma deformação facial, o que fez com que passasse por 27 cirurgias plásticas. Aos 10 anos, ele pela primeira vez frequentará uma escola regular, como qualquer outra criança. Lá, precisa lidar com a sensação constante de ser sempre observado e avaliado por todos à sua volta.

Esse é aquele filme que te deixa com o coração quentinho! Isabel, mãe do incrível Auggie, é a mãe de Touro, uma mulher muito dedicada, que tem os pés no chão, mas é extremamente protetora com aqueles que ama. Muito paciente, não desiste jamais de seus objetivos e faz de tudo para proteger, cuidar e dar segurança a seu filho; bate de frente se alguém provocar ein… Ela não precisa dos holofotes, pois está mais preocupada em ser a rocha de apoio para o que der e vier.

Para a Mãe de Gêmeos

Uma Sexta-feira muito louca (2003)/ Disponível: Disney+.

Sinopse: Tess (Jamie Lee Curtis) e Anna (Lindsay Lohan) são mãe e filha que vivem às turras. Decididas a acabar com as brigas, elas repentinamente trocam de corpos. Agora cada uma precisa aprender a lidar com a vida da outra, com as confusões crescendo ainda mais pelo fato de Tess estar de casamento marcado.

Um clássico da Disney, divertido e imprevisível, não podia ser diferente para o signo mais doido do zodíaco. Uma história sobre brigas e confusão que acaba com mudança de corpo? É perfeita para a mãe de gêmeos, que é intensa, se desdobra e consegue ter uma personalidade para cada situação. Assim como Tess, essa é uma mãe versátil, que embarca na loucura dos filhos e não tem medo de encarar novos desafios. Com um humor volátil, jamais dá pra saber o que esperar dela, mas com a mesma facilidade que fica esquentada, por ter o riso solto daqui a pouco esquece e já está fazendo piada da situação.

Para a Mãe de Câncer

O maior Amor do Mundo (2016)/ Disponível: Looke.

Sinopse: Nesta comédia romântica, várias histórias associadas à maternidade se cruzam: Sandy (Jennifer Aniston) é uma mãe solteira com dois filhos, Bradley (Jason Sudeikis) é um pai solteiro com uma filha adolescente, Jesse (Kate Hudson) tem uma história complicada com a sua mãe, Kristin (Britt Robertson) nunca conheceu a sua mãe biológica e Miranda (Julia Roberts) é uma escritora de sucesso que abre mão de ter filhos para se dedicar à carreira.

Para a mãe canceriana não poderia não ser um filme muito família, daqueles que você termina com vontade de abraçar aqueles que você ama. O signo mais família do zodíaco merece um filme com drama (um choro não pode faltar para a mãe de câncer, como para a Sandy), risadas e muito amor! Preparem os lencinhos para esse filme que exala amor materno.

Para a Mãe de Leão

Mamma Mia (2008)/ Disponível: Oi play tv.

Sinopse: 1999, na ilha grega de Kalokairi. Sophie (Amanda Seyfried) está prestes a se casar e, sem saber quem é seu pai, envia convites para Sam Carmichael (Pierce Brosnan), Harry Bright (Colin Firth) e Bill Anderson (Stellan Skarsgard). Eles vêm de diferentes partes do mundo, dispostos a reencontrar a mulher de suas vidas: Donna (Meryl Streep), mãe de Sophie. Ao chegarem Donna é surpreendida, tendo que inventar desculpas para não revelar quem é o pai de Sophie.

Tem filme com energia mais leonina do que um musical, com muito sol, brilho e dramas românticos? Donna é a mãe de leão, forte, alto-astral e que adora um drama para movimentar a vida. Quando ela tem o ego ferido ela pode querer guardar rancor, mas com toda essa energia ela não perde a oportunidade de juntar toda a família e já fazer uma festa! Intensa como Donna, é a alma da festa e não tem quem não perceba sua luz.

Para a Mãe de Virgem

Lady Bird (2017)/ Disponível: Netflix.

Sinopse: Em Lady Bird – A Hora de Voar, Christine McPherson (Saoirse Ronan) está no último ano do ensino médio e o que mais deseja é ir fazer faculdade longe de Sacramento, Califórnia, ideia firmemente rejeitada por sua mãe (Laurie Metcalf). Lady Bird, como a garota de forte personalidade exige ser chamada, não se dá por vencida e leva o plano de ir embora adiante mesmo assim. Enquanto sua hora não chega, no entanto, ela se divide entre as obrigações estudantis no colégio católico, o primeiro namoro, típicos rituais de passagem para a vida adulta e inúmeros desentendimentos com a progenitora.

Para o signo mais pragmático reservei um drama contido. A mãe virginiana é essa que sofre quando as coisas saem de seu controle, que guarda mágoas, mas que usa mais da frieza do que da intensidade para lidar com seus conflitos. Ela pode não deixar sempre transparecer, mas toda essa preocupação é sua forma de demonstrar amor, de proteger quem ela ama. A mãe de virgem pode ter dificuldade de demonstrar sentimentos, mas assim como Marion, tem o amor mais genuíno.

Para a Mãe de Libra

Perfeita é a Mãe (2016)/ Disponível: Prime Video/HBO Go.

Sinopse: Uma mulher (Mila Kunis), com vida aparentemente perfeita – bom casamento, filhos exemplares, ótimo emprego, etc – acaba ficando estressada além do ponto com as obrigações domésticas. Cansada da situação, ela se une a duas outras mulheres (Kathryn Hahn e Kristen Bell) que passam pelos mesmos problemas e juntas iniciam uma intensa jornada de libertação.

Librianas pode ser conhecidas por serem do signo do equilíbrio, mas é justamente porque sabem aproveitar os dois lados, e quando são intensas, se jogam! Assim como Amy, quando a mãe de Libra se cansa de “bancar” a perfeita, ela procura aproveitar a vida com tudo que ela tem direito! Equilibrada, é a mãe que quando precisa é a “mãe ursa”, não deixa de dar bronca, mas que adora ter os momentos de diversão com aqueles que ama!

Para a Mãe de Escorpião

Boa Noite Mamãe (2014)/ Disponível: Telecine/Globoplay.

Sinopse: Uma família vive em uma residência isolada em meio a árvores e plantações de milho. Após dias afastada por conta de cirurgias plásticas, a mãe (Susanne Wuest) volta para casa e não é reconhecida pelos filhos gêmeos. As crianças, de nove anos, duvidam que a mulher de rosto coberto seja realmente sua mãe e a partir de então nada será como antes.

Um filme de mistério tinha que ser para o signo mais misterioso e detetivesco do zodíaco. A mãe escorpiana é uma mulher forte, que guarda seus segredos e nada foge a seus olhos. Assim como a Mãe do filme, (que nem nome tem) ela não é quem parece ser, sabe esconder suas emoções para demonstrar quando preciso, e aí de quem fizer algo contra seu filho, pois essa não esquece jamais! Por baixo desse mistério tem um coração, mas que ela só vai deixar ser visto por aqueles que ela confia e ama.

Para a Mãe de Sagitário

Cadê você, Bernadette? (2019)/ Disponível: Telecine.

Sinopse: Antes de viajar com sua família para a Antártica, uma arquiteta que sofre de agorafobia – o medo de estar em lugares abertos ou em meio à multidões – some sem deixar pistas para trás. Sua filha, então, através de emails, sessões com sua psicóloga, cartas e outros documentos, tenta descobrir para onde sua mãe foi e quais foram as razões de seu desaparecimento.

Um filme sobre uma mãe faz às malas e some no mundo? É a cara da mãe sagitariana! Bernadette é uma mulher independente que ama ser livre e viajar, e assim como a mãe de Sagitário, ela pode ameaçar os filhos com um: “um dia eu vou sumir e vocês vão ver”, mas não aguenta ficar muito tempo longe da família! Aventureira e alto-astral, quer conhecer o mundo com aqueles que ama.

Para a Mãe de Capricórnio

Dumplin (2018)/ Disponível: Netflix.

Sinopse: Willowdean Dickson (Danielle Macdonald), é uma jovem acima do peso e bastante confiante com o próprio corpo, apesar de não ter o respeito de sua mãe, uma ex-miss (Jennifer Aniston). Quando se apaixona pelo atleta Bo (Luke Benward) e começa a ter inseguranças. Will decide entrar num concurso de beleza como forma de protesto.

Capricórnio é o signo voltado para o trabalho, e a mãe capricorniana é uma mulher com os pés no chão e muito focada em seus objetivos. Pode parecer dura demais, mas ela também é consigo mesma, e as vezes precisa ser lembrada da leveza da vida. É torcendo pelas conquistas dos filhos que ela demonstra seu amor. Assim como é dedicada ao trabalho, é dedicada para ver feliz aqueles que ama!

Para a Mãe de Aquário

Mãe e muito mais (2019)/ Disponível: Netflix.

Sinopse: Três amigas de longa data decidem viajar para Nova York, a fim de reconectar com os filhos adultos. Só que, no meio de tal processo, percebem que não são apenas as vidas deles que precisam mudar.

As aquarianas são independentes, donas de si e desapegadas, assim como as mães que se juntam na história. Sim, elas podem sofrer no início, mas logo já estão resolvidas com a situação e prontas para seguir. É a mãe que ama intensamente, mas que deixa o filho ser livre e levantar voo quando chega a hora, é a mãe parceira que dá coragem a seus filhos para seguirem seus sonhos.

Para a Mãe de Peixes

História de um Casamento (2019)/ Disponível: Netflix.

Sinopse: Nicole (Scarlett Johansson) e seu marido Charlie (Adam Driver) estão passando por muitos problemas e decidem se divorciar. Os dois concordam em não contratar advogados para tratar do divórcio, mas Nicole muda de ideia após receber a indicação de Nora Fanshaw (Laura Dern), especialista no assunto. Surpreso com a decisão da agora ex-esposa, Charlie precisa encontrar um advogado para tratar da custódia do filho deles, o pequeno Henry (Azhy Robertson).

O signo mais apaixonado do zodíaco não podia não receber um filme de romance. E não um romance qualquer, mas bem dramático para sofrer como os piscianos bem sabem. A mãe de Peixes é sensível, mas muito forte, sofre, e muito, mas não deixa de proteger quem ela ama. Um drama que para além de romântico é familiar, é a sensibilidade ideal para a pisciana chorar e abraçar a família.

Doze filmes para doze mães, espero que vocês tenham gostado das escolhas, e não deixa de nos contar se identificou sua mãe nesse post!

Até o próximo mês, e feliz dia das mães adiantado,

De volta à lista