Uncategorized

Dica de livro: E o Natal Me Trouxe, de Raffa Fustagno

Olá, MagLovers!

 

Ou será que eu deveria dizer “feliz Natal adiantado, MagLovers?”.

 

Bom, escolha a saudação que você preferir.

 

Aqui é a Teca Machado, do blog literários Casos, Acasos e Livros, uma leitora compulsiva e uma escritora apaixonada.

 

E já que estamos em pleno clima natalino, hoje a indicação de livros é de um dos meus preferidos do gênero.

 

Estou falando de E o Natal Me Trouxe, da Raffa Fustagno.

 

E o Natal Me Trouxe

Imagine a situação: Você está no seu quarto lendo pela décima vez seu livro preferido e, de repente, seu personagem favorito (provavelmente seu crush literário!) salta das páginas para a vida real. Sonho de muita gente, né? Sei que é o meu.

 

Mafalda, aos 14 anos, não é das mais fãs do Natal. Sua mãe e avós são quase elfos natalinos de tão empolgados que ficam com a data. Os presentes que lhe dão sempre são para crianças, a não ser esse ano, quando a tia a presenteou com seu livro preferido: E a Vida Me Trouxe. Mafalda fica enlouquecida com a história, que se passa na Guerra Civil Espanhola e tem como personagem Alfredo.

 

Com o passar dos anos, Mafalda vira um blogueira literária de sucesso e, ao ler pela décima vez E a Vida Me Trouxe, Alfredo pula das páginas e aparece no seu quarto. O que? Como assim? Segundo ele, existe um manual que ensina como tirar os personagens das suas história e a garota fez tudo direitinho. Alfredo é ainda mais lindo – e cheiroso! – do que o no livro. Agora Mafalda quer desesperadamente ler o manual para saber o que fez de certo (e errado) e o que precisa fazer para que ele não volte para a história.

 

De conto para livro

 

Em 2017 participei da antologia de contos Blogueiras.com e conheci a escritora Raffa Fustagno. Por coincidência no meu conto a protagonista entrava nas histórias que lia e no da Raffa o personagem vinha para o mundo. O conto dela, chamado E a Vida Me Trouxe, tem um final aberto que me fez perguntar para ela – e tenho certeza que mais um monte de leitores – “Raffa, cadê a continuação da história da Mafalda e do Alfredo?”.

 

Finalmente, no final de 2020, fomos presenteados com E o Natal Me Trouxe, a história completa do conto que começou três anos antes e é o seu décimo livro.

 

Mafalda e Alfredo

 

Como eu amei o conto, sabia que amaria o livro completo – e estava certa! E o Natal Me Trouxe é criativo, engraçado, doce, com momentos emocionantes e fofo. Fiquei com o coração quentinho! O que acontece é, definitivamente, o sonho de todo leitor (ainda mais dos que são como eu, periguetes literários!).

 

 

 

Mafalda começa como a típica adolescente birrenta e vai amadurecendo com o passar dos anos do livro. Ela já era querida pelos leitores no conto e agora é mais ainda. E o Alfredo. Ah, Alfredo. Nem li o livro que a Mafalda leu e já estou te querendo (também, com a cara do Mario Casas e os modos de 1930, quem não iria querer?). Ele é um excelente protagonista masculino, do tipo que gente se derrete.

 

Há outros ótimos personagens, principalmente os avós da Mafalda, que são uns fofinhos, e Lore, melhor amiga dela, que apesar de fazer só uma ponta é sempre fofa quando aparece.

 

E se você não leu o conto não tem problema, E o Natal Me Trouxe traz os trechos que estão no original e ainda os completa com uma história muito bacana. É um livro para quem ama os livros, para quem gosta dessa época mágica do ano e para quem se diverte com histórias bem escritas.

 

Se alguém souber onde comprar esse manual, me fala por favor! Preciso tirar uma galera de uns livros!

 

Recomendo muito.

E o Natal Me Trouxe está disponível na Amazon – aqui – como ebook e numa edição limitada impressa com a própria Raffa no instagram dela @raffafustagno.

 

Para dicas de leituras, novidades sobre o mercado editorial e curiosidades literárias me acompanhe no blog Casos, Acasos e Livros e nas redes sociais: www.casosacasoselivros.com

Instagram: @casosacasoselivros e @tecamachado

YouTube: Canal Teca Machado

 

 

 

De volta à lista