Sem categoria

Sobrevivendo ao ensino remoto

Oi Maglovers!

Eu não sei vocês, mas eu cheguei ao final do semestre de cabelo em pé e olheiras gigantescas. O ano letivo foi bem diferente do que todos esperavam, demandou organização, planejamento muita adaptação. Mas uma coisa é fato: sobrevivemos ao ead.

 

 

Esse desafio trouxe muito aprendizados para todo mundo, alunos e professores precisaram se reinventar e tem uma coisa ou outra que eu aprendi e trouxe para dividir com vocês:

  • Ser rígida com os meus horários: as minhas aulas são no período noturno e por diversas vezes o trabalho invadiu o horário das aulas o que atrapalhava minha concentração e minava minha energia. Por isso eu me esforçava para terminar todas as pendências urgentes antes da aula começar e às 19h em ponto desligava meu celular para me concentrar nos estudos.

 

  • Anotar TODAS as datas importantes: chegou um momento que todos os dias pareciam iguais: “hoje é sexta ou domingo? Que dia que é a prova? Tem reunião de alinhamento essa semana?” eu estava sempre pensando nos compromissos. Anotar tudo, ter um calendário colado na parede em frente ao meu canto de estudos foi fundamental para eu não me perder nos compromissos e poder fazer tudo com antecedência. (Não vou mentir pra vocês, alguns trabalhos foram feitos de véspera, mas eu estava ciente do prazo)

 

  • Estudar um pouco todos os dias. Sabe aquela história de que de pouquinho em pouquinho você chega lá? No final do semestre eu já estava faltando algumas aulas e à vezes deixava de assistir a aula do dia pois estava atrasada na matéria. Quebrar esse ciclo e ir pra aula independente de estar completamente perdida me obrigou a continuar e no fim das contas foi extremamente positivo e a matéria acumulada não virou uma bola de neve.

 

  • Fazer anotações: assistir aula deitada na cama e no sofá aconteceu mais do que eu gostaria, mas quando você se compromete a fazer anotações a mesa acaba sendo o melhor lugar pra estudar o que te ajuda a se distrair menos e a de fato prestar atenção ao conteúdo que está sendo dado.

 

  • Entender seus limites: o desafio de 2020 não foi simplesmente se adaptar à um outro modelo de ensino, manter o foco e a concentração em meio a uma pandemia, sem poder encontrar os amigos, a família, não é fácil. Para muitas pessoas o volume de trabalho dobrou e a linha que separava trabalho de lazer foi ficando cada vez mais tênue. Precisei entender que por mais que tivessem muitos textos pra ler e matérias para por em dia, talvez fosse necessário tirar o sábado para maratonar séries ou terminar aquele livro que estava encalhado no canto da mesa de cabeceira.

 

E você, como foi sua experiência com o ensino remoto?

Agora que o ano chegou ao fim, vamos aproveitar as férias, recarregar as energias, cuidar de todas as áreas da nossa vida que foram negligenciadas nesse ano e em janeiro eu volto com dicas de estudo e organização.

 

Até mais,

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.